sábado, 13 julho, 2024
Home2023Auditores resgatam 10, do trabalho análogo à escravidão em lavoura na região...

Auditores resgatam 10, do trabalho análogo à escravidão em lavoura na região de Bauru

Auditores-Fiscais do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE resgataram dez trabalhadores em condições análogas à escravidão, no dia 11 de abril, em Reginópolis (SP) – região de Bauru.

De acordo com os Auditores, o grupo trabalhava em uma plantação de cana-de-açúcar para uma empresa da região e ganhava por produção. Os trabalhadores não possuíam registro trabalhista e nem a possibilidade de retornar para casa.

Moradores da Bahia, os 10 trabalhadores dividiam o mesmo alojamento, onde todos dormiam em colchões improvisados no chão. Além disso, eram obrigados a pagar pela comida, água, contas e o aluguel do local.

A empresa Canafort Agrícola, responsável pela contratação dos trabalhadores, foi notificada, e os Auditores-Fiscais determinaram a regularização dos trabalhadores com o pagamento dos valores devidos.

Em outro município, Lacanga (SP) uma fiscalização na mesma empresa também encontrou trabalhadores sem registro e em condições degradantes.

Resgate de trabalhadores

Os Auditores-Fiscais do Trabalho resgataram 1.127 trabalhadores em condições semelhantes à de escravidão só nos cem primeiros dias de 2023, mais do que o dobro dos primeiros três meses de 2022.

número é recorde para um 1º trimestre em 15 anos, sendo superado apenas pelo total de 2008, quando 1.456 pessoas foram resgatadas.

RELATED ARTICLES

Mais Vistos