RELEMBRANDO (16-10-2020): 25 anos do Grupo Móvel – Detrae conclui série de 100 vídeos

0
39

Por Nilza Murari

A Divisão para a Erradicação do Trabalho Escravo – Detrae, vinculada à Subsecretaria de Inspeção do Trabalho – SIT publicou, em outubro de 2020, o vídeo número 100 de uma série editada para comemorar os 25 anos de criação e atuação do Grupo Especial de Fiscalização Móvel – GEFM, mais conhecido como Grupo Móvel. O aniversário havia sido em 15 de maio, celebrado com uma live transmitida pelo canal da Escola Nacional de Inspeção do Trabalho – Enit, com participação de Vera Jatobá, diretora do Sinait – relembre aqui.

A série de vídeos foi produzida em parceria com a Enit  e apoio do Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime – UNODC e Track for Tip. O Sinait é uma das entidades que também apoiam a iniciativa. O presidente do Sinait na época, Carlos Silva, foi um dos convidados para gravar um vídeo da série.

Neste último vídeo foi escolhido um texto do livro “Rio Maria – Canto da Terra”, do padre Ricardo Rezede, narrado pelo Auditor-Fiscal do Trabalho Márcio Leitão. Imagens do trabalhador Zé Pereira, que foi baleado em fuga de uma fazenda onde o trabalho era análogo ao escravo. Uma homenagem a muitos que tombaram na luta pela erradicação do trabalho escravo, incluindo os Auditores-Fiscais do Trabalho Eratóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva e o motorista Ailton Pereira de Oliveira, mortos na Chacina de Unaí, em 2004. Também imagens de Auditores-Fiscais do Trabalho em ação, por longínquos e inóspitos locais do Brasil.

O Grupo Móvel, coordenado por Auditores-Fiscais do Trabalho continua em ação, mesmo neste ano de 2020, em que a pandemia da Covid-19 impactou o quotidiano de muitas atividades. Até o final de junho foram realizadas 45 operações e 231 trabalhadores foram resgatados. Desde 1995, foram 55.004 trabalhadores retirados do trabalho análogo à escravidão no Brasil.

Acesse o vídeo número 100 aqui.

Acesse o canal da Enit no YouTube para ver outros vídeos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome