quarta-feira, 17 julho, 2024
Home2024BÔNUS – Auditores de SP fazem entrega simbólica dos cargos de chefia...

BÔNUS – Auditores de SP fazem entrega simbólica dos cargos de chefia na Superintendência

Andre Montanher

Auditores-Fiscais do Ministério do Trabalho no Estado de São Paulo realizaram nesta terça (23), na Superintendência do órgão, a entrega simbólica dos cargos de chefia e coordenação, no contexto da mobilização pelo pagamento do Bônus de Eficiência e Produtividade – cerca de 30 cargos já foram entregues oficialmente, desde 12 de janeiro. A terça-feira foi de mobilizações por todo o país, que além do Bônus cobram a valorização do Ministério e seus servidores.

Em SP, o movimento tem coordenação dos CLM (Comandos Locais de Mobilização) das DS (Delegacias Sindicais) do SINAIT (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho) de São Paulo e Santos. O grupo estendeu faixas na frente do prédio da Superintendência, o que se seguiu de manifestações dos dirigentes, cobrando respeito para com a categoria.

Concentração em frente à Superintendência

“Estamos esperando o cumprimento deste acordo desde 2016, e o governo precisa entender nossa insatisfação”, afirmou a presidenta do Sinait-SP, Ana Palmira Arruda Camargo. “Muito importante a presença de todos, apesar do dia chuvoso e do trânsito complicado”, prosseguiu a presidenta da DS de Santos, Carmen Cenira. Compõem o CLM de São Paulo, os Auditores Guilherme Garnica e Carlos Moyses – o de Santos, Carmen Cenira, Cinthia Veras e Evandro Mesquita.

A presidenta do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas de São Paulo, Silvia Maria Silva Santos, e a diretora da Federação das Trabalhadoras Domésticas do Estado, Diana Soliz Soris de Garcia, prestigiaram o ato dos Auditores. Entidades como a USTL (União Sindical dos Trabalhadores de Limeira) e a Intersindical de Piracicaba emitiram notas de apoio.

Auditoras e as representantes do sindicato e federação das domésticas

SUPERINTENDENTE

Fojo e Marcus recebem os cargos de Carmen Cenira e Ana Palmira

Após as manifestações, o encontro foi com o Superintendente do Ministério do Trabalho de São Paulo, Marcus Alves de Mello, que recebeu os cargos simbolicamente – todas as exonerações já haviam sido formalizadas no Sistema Eletrônico de Informações do governo federal. Marcus estava acompanhado do Chefe de Fiscalização, Antonio Fojo.

Ao Superintendente, Ana Palmira reforçou a insatisfação da categoria com o descumprimento dos prazos do acordo, não apenas mas inclusive pelo governo atual. O diretor do Sinpait (Sindicato dos Auditores-Fiscais do Trabalho de São Paulo), Luiz Alexandre de Faria, ressaltou a sintonia entre as entidades representativas.

Auditores mobilizados na sala de reuniões da Superintendência
RELATED ARTICLES

Mais Vistos