Câmara e Senado debatem trabalho escravo, em audiência pública nesta quinta (25)

0
541

Do portal da Câmara dos Deputados

A Comissão Mista de Trabalho, de Administração e Serviço Público realiza audiência pública nesta quinta-feira (25) para debater a situação atual dos mecanismos governamentais e institucionais de combate ao trabalho análogo ao de escravo.

A audiência acontece às 9h30, no Plenário 13, e você assiste ao vivo por AQUI.

Foram convidados para o debate:
– o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes;
– o coordenador-geral da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), Dante Oliveira;
– o presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamantra), juiz Guilherme Guimarães;
– representante dos auditores fiscais do trabalho, Carlos Fernando da Silva Filho;
– a coordenadora do Grupo de Apoio para Combate ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas da Câmara Criminal do Ministério Público Federal, Adriana Scordamaglia Fernandes;
– a coordenadora nacional da Coordenadoria de Combate ao Trabalho Escravo do Ministério Público do Trabalho, Catarina von Zuben; e
– o secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

O deputado Túlio Gadelha (PDT-PE), autor do pedido de debate, lembra que, de acordo com os dados da Secretaria de Inspeção do Trabalho, em 2018 foram fiscalizados 233 estabelecimentos em todo país, tendo sido encontrados 1.723 trabalhadores em condições análogas às de escravo. “Destes, 1.151 foram efetivamente resgatados da situação na qual se encontravam. Teme-se que a reforma da CLT, promovida pelo passado governo, aliada ao desmembramento do Ministério do Trabalho e suas competências possam desempenhar um impacto negativo, piorando, por conseguinte, a realidade apresentada em 2018”, disse o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome