Carteira de Trabalho Digital é finalista do Prêmio iBest 2020

0
420

A Carteira de Trabalho Digital, da Secretaria do Trabalho (Ministério da Economia) foi o segundo programa federal mais votado na edição 2020 do Prêmio iBbest – categoria Governo. A iniciativa só perdeu para o Auxílio Emergencial.

O Prêmio iBest, relançado este ano, é uma iniciativa pioneira na aferição do sucesso de marcas e iniciativas pela internet. Possui 12 categorias, entre elas Informação e Governo (Conteúdo de Política e Cidadania, Podcast, Notícias e Comunicações e Serviços de Governo) – na qual a Carteira de Trabalho Digital concorreu.

Para realizar as avaliações, o iBest utiliza um algoritmo que analisa a presença e engajamento de marcas e influenciadores no Instagram, Twitter, Facebook, Youtube, sites e aplicativos. Os campeões, assim como os finalistas (Top 10 e Top 3), recebem o selo iBest, um troféu digital que mostra ao mercado e aos consumidores que a iniciativa se destaca em relação aos demais competidores por sua relevância.

CARTEIRA

A Carteira de Trabalho Digital foi lançada em setembro de 2019, substituindo a carteira de papel, sem inutilizar o documento anterior (é recomendado, inclusive, que o trabalhador guarde o documento físico para comprovação dos vínculos empregatícios).

Os trabalhadores podem habilitar o documento pela internet, e, para as empresas que usam o eSocial, o registro de informações passa a ser feito digitalmente.

No eSocial, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio e informações sobre o FGTS são comunicadas ao governo de forma unificada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome