Diretora do Sinait-SP participa de live sobre trabalho escravo no ambiente doméstico, nesta sexta (3)

0
160

A Auditora Fiscal do Trabalho e diretora do Sinait-SP, Lívia Ferreira, participa nesta sexta-feira (3) de uma live, que debaterá o trabalho análogo à escravidão no contexto do trabalho doméstico.

O evento virtual faz parte de uma webserie sobre tráfico de pessoas organizada pela Asbrad (Associação Brasileira de Defesa da Mulher da Infância e da Juventude), em parceria com o MPT (Ministério Público do Trabalho). A iniciativa se insere no contexto do programa Liberdade no Ar, do MPT.

A live vai das 19h às 20h, e além de Lívia (que compõe o Grupo de Combate ao Trabalho Escravo da Secretaria Nacional do Trabalho – Ministério da Economia) contará com a participação da migrante boliviana e diretora do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de São Paulo, Diana Solis. A procuradora do MPT, Cristiane Sbalqueiro, mediará o debate (ela coordena o grupo de trabalho Migrações e Refúgio, no órgão).

A transmissão ocorre simultaneamente nos canais do Youtube e Facebook da Asbrad, sendo que às 21h ocorre reprodução pelo canal do Youtube do MPT. A participação rende certificados.

Com lives durante todo o mês de julho, a Webserie traz o tema “20 questões para entender o tráfico de pessoas no Brasil”. A apresentação desta sexta se intitula “Episódio 3 – Trabalho Doméstico: Quais os desafios para a configuração do trabalho análogo ao escravo em residências?”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome