Em painel do 38º Enafit, Auditores-Fiscais do Trabalho prestam homenagem às vítimas da pandemia de Covid-19

0
41

Por Alamara Barros/Edição: Andrea Bochi

Na manhã desta segunda-feira, 21, o presidente do Sinait, Bob Machado, a diretora do Sinait, Rosângela Rassy, e o diretor de Saúde e Segurança do Trabalho, Francisco Luis Lima, prestaram homenagem às vítimas da pandemia de Covid-19, em especial aos Auditores Fiscais do Trabalho e seus familiares, colaboradores do Sinait e a todos os profissionais de saúde vitimados pela doença.

Na ocasião o presidente Bob Machado se emocionou ao falar da jornalista Nilza Murari  vitimada pela Covid-19 em abril de 2021. “Uma das melhores profissionais que já conheci, era muito eficiente nas palavras que ela colocava no papel e também em suas falas, sempre muito dedicada e acessível como coordenadora da comunicação do Sinait”, disse.

Bob relembrou ainda a importância dos ex-presidentes já falecidos e que deixaram um grande legado de conhecimento da Auditoria-Fiscal do Trabalho, luta e evolução da Inspeção do Trabalho no país e que merecem todas as homenagens da categoria. Por fim, homenageou os profissionais da saúde que sempre estiveram na linha de frente durante a pandemia e reconhece que a presença de muitos no evento se deve ao trabalho desses profissionais.

Na ocasião, a diretora Rosângela Rassy também se emocionou ao falar de Nilza Murari e agradeceu a relevante contribuição que a jornalista deixou enquanto coordenadora da comunicação do Sinait. “Perdemos uma grande profissional da comunicação. A Nilza era uma das maiores conhecedoras e tinha um amplo domínio sobre o tema da Inspeção do Trabalho no Brasil e sua preocupação ia além de redigir uma matéria sobre o tema, mas tornar conhecida a realidade do tema no país”, completou.

Durante o painel o diretor de Saúde e Segurança do Trabalho, Francisco Luis Lima falou sobre as dificuldades que muitos profissionais da enfermagem enfrentaram no início da pandemia com a insuficiência de materiais adequados de proteção ao vírus. Segundo ele, estatísticas apontam que 893 médicos e 872 enfermeiros foram vitimados pela Covid-19 e que todos os profissionais merecem homenagem por uma luta que começou de uma forma inesperada numa amplitude mundial.

Assista ao vídeo de homenagem aos Auditores Fiscais do Trabalho e colaboradores do Sinait, vitimados pela Covid-19, apresentado durante o painel.​

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome