quarta-feira, 17 julho, 2024
Home2024Em reunião, integrantes do Comando Nacional debatem mobilização pelo bônus de eficiência

Em reunião, integrantes do Comando Nacional debatem mobilização pelo bônus de eficiência

Por: Solange Nunes/Edição: Andrea Bochi

Nesta quarta-feira, 3 de julho, integrantes do Comando Nacional de Mobilização do SINAIT, Delegados(as) Sindicais, representantes dos Comandos Locais de Mobilização (CLM) debateram as ações, trabalho parlamentar, reforçaram a importância da mobilização e o futuro do movimento.

De acordo com o presidente do SINAIT, Bob Machado, as interlocuções continuam e o SINAIT foi informado de que a proposta está sob análise no Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. “Continuamos atentos e trabalhando pelo pleito”.

Nesse contexto, enfatizou as interlocuções ocorridas, na semana passada, com o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, secretário de Relações de Trabalho do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), José Lopez Feijóo, entre outras autoridades para tratar da publicação do novo decreto do bônus. 

Machado também reiterou o histórico de luta e da negociação do Sindicato, como, por exemplo, o desafio do serviço público de maneira geral que sofreu muito nos últimos anos com o enfraquecimento do poder de compra; no caso específico da carreira, a falta de concurso público – o último ocorreu em 2013 – entre outros desafios enfrentados pela categoria, como a busca pela regulamentação do bônus de eficiência desde 2016, além da luta do sindicato pela paridade entre os ativos e aposentados.

Rosa Jorge reiterou a importância das ações dos dirigentes e dos Auditores Fiscais em trabalho parlamentar e nos operativos desenvolvidos pelo Brasil. “Nosso trabalho tem que continuar, os CLMs precisam manter-se na luta. Acredito na força da nossa carreira. Chegamos a ser Carreira de Estado em razão da luta. A capacidade de se organizar em grupo realizar trabalho parlamentar, nas bases, é essencial para fortalecer a mobilização. É preciso que estejamos unidos e fazendo, cada um, a sua parte”.

Alex Myller comentou sobre a rotina de assiduidade que faz parte do Termo de Acordo nº 1/2016 fechado entre o SINAIT e o governo. (veja mais aqui). Declarou ainda que uma publicação sobre o assunto está sendo preparada para posterior divulgação.  

Ao final, o presidente agradeceu aos integrantes por atualizarem as bases sobre as estratégias desenvolvidas. “Declarou ainda primazia do sindicato em proteger os colegas mobilizados a fim de não serem prejudicados durante as ações e atividades da mobilização”.  

RELATED ARTICLES

Mais Vistos