Sinait leva demandas dos Auditores-Fiscais ao deputado Rogério Correia, que integra o grupo de transição do governo

0
107

Por Solange Nunes/Edição: Andrea Bochi

O presidente do Sinait, Bob Machado, reuniu-se com o deputado federal Rogério Correia (PT/MG), membro do Grupo de Trabalho da Equipe de Transição, nesta quarta-feira, 30 de novembro, com o objetivo de apresentar prerrogativas, tópicos e demandas da carreira dos Auditores-Fiscais do Trabalho para a equipe de transição. O assessor parlamentar Vinicius Fuzeti acompanhou o encontro que ocorreu no gabinete do parlamentar, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

De acordo com Bob Machado, o Sinait, a Inspeção do Trabalho e os Auditores-Fiscais do Trabalho nos últimos anos têm sofrido percalços relativos a desidratação da Inspeção do Trabalho no Brasil, com perda de relevância na estrutura ministerial, de prerrogativas, do orçamento, do quantitativo de Auditores, que é hoje o menor quadro em 30 anos, para fazer frente às necessidades de um país continental. “Buscamos a interlocução a fim de explicar as prerrogativas e demandas da carreira do Auditor do Trabalho e defender a recuperação dos direitos dos trabalhadores”, declarou Machado.

Além disso, o presidente do Sinait tratou da precarização do direito do trabalho, a exemplo da reforma trabalhista, que reduziu direitos dos trabalhadores, projetos de lei e medidas provisórias que prejudicaram os trabalhadores e também destacou a desestruturação das Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho (SST).

Para Bob Machado, entre tantas ações de desregulação e ataques à carreira e aos trabalhadores, é importante o embate urgente contra a crescente precarização do mundo do trabalho, retomando o papel do Estado na proteção do trabalhador brasileiro. “Ao deputado Correia para contribuir no processo de transição, o SINAIT entregou o documento ‘Proteção social do trabalho sob a perspectiva do Sistema Federal de Inspeção do Trabalho”.

O deputado federal Rogério Correia, do GT de Trabalho na Equipe de Transição, agradeceu a contribuição do Sinait em relação às demandas da carreira, para o Estado e para a Inspeção do Trabalho. “Os documentos e as sugestões serão analisados pela equipe de transição. Agradecemos as contribuições”.

Na ocasião, o presidente do Sinait entregou ao parlamentar as publicações do Sindicato Nacional: o livro “Resgates – combate ao trabalho escravo no Brasil: 25 anos do GEFM” e “CHACINA DE UNAÍ – A luta do Sinait por justiça”, lançado no dia 24 de novembro, durante o 38º Encontro Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Enafit), em Recife (PE). Bob Machado, ainda, reiterou o agradecimento pelo apoio do parlamentar durante o julgamento de Antério Mânica, em maio desse ano, em Belo Horizonte (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome