Evento debate trabalho decente na indústria da moda – INSCREVA-SE AQUI

0
371

A Superintendência Regional do Trabalho em São Paulo, juntamente com diversas instituições do poder público, entidades empresariais, representantes dos trabalhadores e entidades da sociedade civil organizada, realizam, nos dias 2 e 3 de dezembro, um ciclo de palestras sobre o ambiente laboral na cadeia produtiva da indústria da moda. O evento celebra os 10 anos do “Pacto Contra a Precarização e pelo Trabalho Decente em São Paulo, na Cadeia Produtiva das Confecções”, e ocorre no Auditório do Ministério da Economia, no centro da capital paulista.

Você se inscreve AQUI:

A iniciativa busca unir os elos dessa cadeia, desde a perspectiva do Sistema Federal de Inspeção do Trabalho, do setor patronal, dos trabalhadores e da sociedade civil organizada, com o objetivo de melhorar as condições de trabalho em um setor no qual o trabalho escravo e o tráfico de pessoas ocorrem com frequência indesejável. “Grandes marcas coexistem com esta precária situação, principalmente quando existe a terceirização ou quarteirização da mão de obra. Fechar os pontos-cegos é preciso”, apontou a Auditora Fiscal do Trabalho, Lívia Ferreira, coordenadora do Programa Estadual de Combate ao Trabalho Escravo, da Superintendência do Trabalho em São Paulo.

Entre os palestrantes, encontram-se Auditores Fiscais do Trabalho que são especialistas na fiscalização de condições de trabalho na indústria da moda, além de representantes de instituições empresariais, de sindicatos, de universidades, da sociedade civil organizada e do poder público, como a vereadora Soninha Francine e o atual secretário municipal de Esporte de São Paulo e autor da lei paulista contra o trabalho escravo, Carlos Bezerra Júnior, referências no tema. O combate cotidiano ao trabalho escravo e as iniciativas públicas e empresariais farão parte das abordagens.

A organização é da Superintendência Regional do Trabalho, do Ministério da Economia, em São Paulo, Sinait-DS/SP (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho – Delegacia Sindical de São Paulo), Defensoria Pública da União, Sindicato das Costureiras de São Paulo e Osasco, Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil) e Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), além das entidades da sociedade civil organizada Inpacto, Missão Paz e Repórter Brasil.

O auditório fica no 22º andar da sede do Ministério da Economia em São Paulo, na avenida Prestes Maia, número 733. A entrada é franca.

Confira AQUI a programação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome