terça-feira, 16 abril, 2024
Home2024Reunião Geral – Integrantes da DEN, CNM, CLM e DSs debatem rumos...

Reunião Geral – Integrantes da DEN, CNM, CLM e DSs debatem rumos da paralisação da categoria

Por: Solange Nunes/Edição: SINAIT

Nesta quinta-feira, 15 de fevereiro, cerca de 83 Auditores-Fiscais do Trabalho, integrantes da Diretoria Executiva Nacional (DEN), Comando Nacional de Mobilização (CNM), Comandos Locais de Mobilização (CLM) e Delegados Sindicais se reuniram para avaliar e analisar novos direcionamentos da mobilização da categoria. A mobilização iniciada no dia 27 de dezembro do ano passado, cobra o cumprimento dos Termos de Acordo nº 1-2016 (trata da pauta não remuneratória assinada no dia 30 de março de 2016) e nº 4-2016 (abrange as questões remuneratórias e não remuneratórias assinada no dia 24 de março de 2016), que entre outros assuntos, pede a regulamentação do Bônus de Eficiência e Produtividade e o fortalecimento do Ministério do Trabalho e Emprego.

O presidente do SINAIT, Bob Machado, relatou o crescimento do movimento entre o Norte e o Sul do país, com a entrega de 301 cargos de chefia e coordenação. Declarou a atuação da direção pela regulamentação do Bônus de Eficiência; o trâmite no Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) contemplado com a assinatura da ministra Esther Dweck. Os contatos sucessivos com o secretário de Relações de Trabalho do MGI, José Lopez Feijóo, e as interlocuções com o secretário-Executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, Francisco Macena.  

Bob Machado lembrou das lutas do Sindicato Nacional empenhadas por todas as direções, como, Pastouriza Fontoura, Elene Lemos, José Cláudio, Carlos Alberto, Fahid Tahan Sab, Rosa Jorge, Rosângela Rassy e Carlos Silva. “Cada dirigente lutou pela categoria. Não há ganho sem luta na nossa história”. 

Bob Machado declarou ainda a importante interlocução com a Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT). “A SIT tem sido fundamental porque se manifesta tecnicamente a viabilização das informações”. 

Na sequência, os delegados sindicais e integrantes dos CLM pediram esclarecimentos ao CNM sobre os rumos da mobilização, desenvolvimentos de ações, relataram os questionamentos e as angustias apresentadas pelas bases.  

O CNM reiterou a importância da mobilização, a atuação conjunta, o desenvolvimento das atividades orientadas. Destacou ainda que, além da regulamentação do bônus, a regulamentação do Porte de Armas e a aferição de assiduidade dos Auditores pelo Sistema Federal de Inspeção do Trabalho (SFIT/SFITWeb) também fazem parte do Acordo nº 1-2016.  

Ao final da reunião, a dirigente Rosa Jorge reiterou que a mobilização é um processo necessário em prol da vitória da categoria, que exige persistência e união. “As vitórias do SINAIT sempre aconteceram depois de muita luta”. 

RELATED ARTICLES

Mais Vistos