Auditor do Trabalho de Marília-SP é candidato a deputado federal

0
1337

Por Andre Montanher

Em ano de eleições, auditores fiscais do Trabalho resolveram arregaçar as mangas, e lutar pela categoria do outro lado do balcão – como políticos. Um deles é Jose Luis Queiroz, de Marília-SP, que cita a regulamentação do Bônus de Eficiência, entre as propostas de campanha a deputado federal.

“Pretendo ser uma ponte entre os auditores, o Sinait e o Congresso Nacional. É necessário regulamentar o bônus para acabar com esta instabilidade que vivemos”, apontou. Ele também diz que vai lutar pela correção do auxílio transporte pago pelo Ministério do Trabalho, e pela contratação de mais auditores em todo o país.

O discurso reflete um sentimento de decepção profunda com a classe política em geral, e a percepção de que só ocupando uma vaga entre deputados e senadores, as demandas trabalhistas podem ter o carinho merecido. “É um absurdo termos um auxílio transporte de R$ 17,00, num país onde o litro da gasolina chega perto dos R$ 5,00. Quanto ao número de auditores, temos apenas um terço do que apregoa a ONU”, opinou.

A questão ética, atualmente colocada em evidência máxima pelas investigações da Operação Lava Jato, é outro ponto que enseja sua participação direta na política. “Vou lutar por uma Reforma Política, com cláusula de barreira para partidos, além de normatizar a escolha de suplentes de senadores, por exemplo”, afirmou.

PERFIL

José Luis Queiroz nasceu em Umuarama-PR, tem 38 anos e é formado em Administração de Empresas. Atua no Ministério do Trabalho desde 2010, quando assumiu o cargo de auditor em Marabá-PA. No seu segundo posto, em Marília, resolveu também candidatar-se vereador, e hoje é o mais jovem parlamentar daquela Câmara Municipal.

No Legislativo local, apresentou projetos que estabelecem transparência na contratação de cargos comissionados, nas doações realizadas por empresas à prefeitura, e na questão das multas de trânsito. Além da defesa da categoria, diz que no Congresso Nacional quer apoiar uma Reforma Tributária.

“Precisamos fazer o Brasil voltar a crescer e gerar empregos, e a saída para isto é desburocratizar a parte de tributos”, assinalou. No campo da ética, defende consolidar a prisão após condenação em segunda instância judicial, e afirma querer acabar com foro privilegiado de políticos.

SINAIT-SP

“Tenho certeza de que a presença de colegas no Congresso Nacional é de extrema importância para a categoria. Exemplo disso foi a importante colaboração do colega deputado Lelo Coimbra (ES)”, afirmou o presidente do Sinait-SP, Rodrigo Iquegami.

Além de José Luis Queiroz, único auditor candidato a deputado federal no Estado, concorrem este ano o próprio Lelo, pela reeleição no Espírito Santo, e Mário Diniz, na Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome